Jornalismo visual contribui para a prevenção da Dengue

0
639

O combate a dengue não é novidade. Desde sua descoberta, no final do século XVIII, diversas pesquisas começaram a ser desenvolvidas para o tratamento da doença – transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti infectado. Apesar disso, só foi reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) no século XX.

Além disso, divulgações de informações sobre o inseto e prevenção a enfermidade são recorrentes e realizadas de diferentes formas, seja pela televisão, rádio, panfletos, livros, sites, jornais ou revistas.

O Brasil concentra um dos mais altos índices dessa doença no mundo. O Ministério da Saúde divulgou que este ano, até a 9ª Semana Epidemiológica (01/03/15 a 07/03/15), foram confirmados 102 casos de dengue grave – 11 a mais que no ano passado – e 913 casos de dengue com sinais de alarme.

Em levantamento realizado pela equipe do NUPEJOC para o desenvolvimento do projeto de pesquisa “A história da infografia jornalística e da visualização de dados no Brasil (de 1995 a 2014)”, foram encontrados três infográficos produzidos pelo jornal O Globo, já em 1998, relacionados a dengue. O período de análise, feito no acervo online do jornal, se restringe aos meses de março, junho, setembro e novembro.

O primeiro, publicado no dia 14 de março, trata-se de um protoinfográfico. Embora se caracterize pela ausência de alguns elementos essenciais, como texto introdutório e fonte, e possua excesso de texto, apresenta imagens detalhadas que contribuem para a compreensão da informação – mesmo que poucas e rudimentares. Em sua autoria consta apenas Editodia de arte.

14.MAR - pg 13

14.MAR - pg 13.2

O Globo. 14/03/98, p. 13

A segunda publicação ocorreu ao final do mesmo mês. A matéria, com chamada na capa, revelou um infográfico um pouco mais completo e de fácil compreensão. Imagens e gráficos contribuem para trazer informações sobre como evitar a proliferação da dengue, características do mosquito e números de casos no Rio de Janeiro. A infografia foi assinada por Millena Beffa.

27.MAR - pg 12

27.MAR - capa dengue27.MAR - pg 12.2

O Globo. 27/03/98, p. 12

Já o terceiro infográfico, publicado em 15 de novembro, é classificado como jornalístico complementar. Atua como um mecanismo para melhorar a compreensão de informações, de forma mais detalhada, que poderiam se tornar confusas caso fossem explicadas por uma narrativa textual e convencional. Nele podem ser visualizados, novamente, dicas de como se prevenir e sintomas da doença. Não possui autoria.

15.NOV - pg 18

15.NOV - pg 18.2

O Globo. 15/11/98, p. 18

Ao comparar as três publicações é possível observar que ao longo do ano as infografias tornaram-se mais completas e melhor elaboradas. A utilização de imagens vinculadas ao texto, e interdependentes, passam a ocupar mais espaço nas matérias. Além disso, estes recursos podem contribuir para que o leitor compreenda melhor as informações.

 

Fonte: Ministério da Saúde – www.saude.gov.br